HOME                    À CONVERSA COM                  O LIVRO                  AO QUILÓMETRO TAL                 ARQUIVO                 

Filosofia de um Pardal

“Um pardal, cansado da vida rotineira, resolveu sair voando, em busca de aventuras, pelo mundo fora. Voou até chegar a uma região muito gelada. Quase congelado, não podendo mais voar, caiu duro no chão. Prestes a morrer, uma vaca avistou-o e sobre ele defecou. O excremento aqueceu-o e salvou-o. Sentindo-se muito bem, começou a cantar. Um gato, ouviu e seguiu o canto. Assim que ele o encontrou, cuidadosamente tirou-o dali, limpou-o e comeu-o.”


CONCLUSÃO

A) Nem sempre quem caga em ti é teu inimigo.
B) Nem sempre aquele que te tira da merda é teu amigo.
C) Desde que se sinta confortável, mesmo estando na merda, fique de bico calado.
D) Pois quem está na merda não canta.

LOL

.bubles and flashlights.

sinto a borbulhar, está a ferver em mim...vai arrebentar por aí um rol de projectos que já fazia falta, a ANA de felicidade aparente para os mais cobiçosos está de volta, senhoras e senhores,e apartir daí é só deixar vir ao de cima...deixa estourar...e depois é só trovoada com trovões e para alguns merecedores bolinhas de sabão e softness :) plim!

Jamie Cullum - If I Ruled The World

os sonhos são para serem sonhados, saboreados e motivados. não há saída, nem desistir para uma mente sonhadora, um espírito Win-Laik-Pya . a única solução é sonhar e lutar; lutar por um sabor a sal, num pedaço de mar, numa lágrima de suor; um sabor a sucesso, num encher o peito de ar, num respirar fundo ; um sabor de "eu sou dona do meu destino" - e não...sonhar nunca será em vão...


____________________________________________________________________________________

. o lado F*.



Há pessoas que não têm articulação suficiente para estruturar uma opinião  e mesmo assim insistem em falar sobre o assunto. A necessidade de atenção é tanta que mesmo não tendo como argumentar, abrem a boca para contra-argumentar com algo que nada tem a ver com o assunto. Just because! lol
Há outras que têm a necessidade de andar aos pulinhos a dizer: eu faço! eu faço! eu sei! eu sei!
Mesmo que haja já quem esteja a fazer, são do tipo arrancar as barbies das mãos da dona só porque também as sabem vestir e finalmente poderem dizer: está bonita não está? Fui EU que a vesti! (a apontarem com o dedo para o seu próprio peito)
e depois há aquelas que se queixam :

Estimados administradores do Facebook:
Sinto que cada vez mais o Farmville faz parte da minha vida.
Apesar de já ter bloqueado o referido aplicativo passo a vida a ouvir vacas a mujir, porcos a grunhir, cavalos a relinchar e burros a dar para espertos.
Devo confessar que a vida no campo nunca me atraiu muito. O tirar leite a cabras, apanhar tomates, cheirar o cu a galinhas para descobrir o ovo de ouro, nunca foi o meu objectivo de vida Chamem-me antiquada, mas estes novos jogos tendenciosos são de facto um aborrecimento para a minha pessoa, sem querer ferir susceptibilidades, clarooo!
Somos todos amigos, mas...será que há hipotese de denunciar este jogo como spam de maneira a não ter de lidar mais com estes animais?
Muito obrigada
Ana Morais



* fun fun fun
título sugerido mais uma vez pela inspirada Ana Garcia

.o triunfo dos porcos*.



"(...)Um dia, quando estávamos nas fazendas de trabalho, vimos um grupo de mulheres a marchar, vindas de um desses campos de concentração. Era aterrorizante. Magras como esqueletos e, apesar disso, obrigavam-nas a carregar com pesados sacos de trigo às costas. Quando alguma caía, os guardas chicoteavam-na. Finalmente eles sentaram-se perto de um lago de jardim e começaram a almoçar, obrigando-as a ficar de pé e verem-nos comer. Zombavam delas e depois faziam com que algumas dançassem nuas na sua frente. Reconheci um dos guardas. Era um dos antigos criados do Palast-Hotel. Ria mais que qualquer dos outros.(...)" Fräulein, James MacGovern

É engraçado como basta pegar num individuo e colocá-lo noutro ambiente e ele transforma-se. Um pouco mais de poder e revela-se.
A veracidade destes factos transtorna qualquer pessoa que tenha o mínimo de príncipios humanos, toca a sensibilidade de quem realmente é provido dela.  
Se analisarmos correctamente este pequeno excerto deparamo-nos com uma mistura enorme de sentimentos, ou melhor, a falta deles. Num simples parágrafo. Dará para imaginar num espaço temporal de...6 anos por exemplo? A olhos nus...para toda a gente ver, apoiado e consentido por milhares de pessoas. O venerar da ameça, da humilhação dos humanos por humanos. Por uma vontade puramente carnificina. Custa tomar conhecimento do que realmente a nossa própria espécie é capaz de fazer, desde das maior proezas ás maiores atrocidades, infelizmente este conhecimento não chegou a todos por papel.
O que lemos remonta aos tempos de guerra no ano de 1945, por uma primeira edição portuguesa de 1955, palavras ainda sedentas de alguma liberdade de leitura...ainda que gostássemos de nos iludir que isto não acontece mais, que é passado...acontece e é presente. Esta exaltação da falta de principios e humanidade, até mesmo de coração, poderia passar despercebida, por andar agora camuflada, bem vestida e ornamentada. Só não passa porque são ainda muitos os relatos na primeira pessoa e no pretérito perfeito.
Assusta-me o facto de, na verdade, eu própria ser parte desta espécie, a Humana. Também eu ainda não sei todos os meus limites e os reconditos da minha personalidade. Vão sendo desvendados mas é ainda imenso o enigma que ela fomenta em mim e em cada um de nós. Somos de facto uma espécie interessante, mas também bastante perigosos para a nossa espécie, para as outras e até para connosco mesmos.

* Título sugerido pela inspirada Ana Garcia :P
_____________________________________________________________________________
Comentado por Sandra Coelho - comentadora & co-autora oficial deste blog - nomeada agorinha mesmo lol

Gostei muito do teu texto, gorgeous! :-)
Além de estar bem escrito, coloca o dedo numa serie de feridas: as atrocidades que ainda hoje acontecem, sob outras formas e mascaras; o facto do poder revelar as pessoas e aquela que me fez pensar mais: isto somos nós, especie humana. Capazes do melhor e do pior.
Ha uns anos, em conversas com amigos, um deles perguntou se erámos capazes de matar alguem...e a primeira reaccão foi logo dizer "claro que nao, nunca!" mas depois,pensámos melhor... se disso dependesse a vida de alguem que amamos..ou em legitima defesa..e realmente nós nao sabemos do que somos capazes ate as circunstancia nos colocarem à prova...
dá que pensar...e é bom pensar!
pensar é como andar à chuva..incomoda.. (la dizia o Fernando Pessoa)
ainda assim é bom! 

________________________________________________________________________________________ 

.cause the hole in the middle of my heart needs fillin' up.

preciso de me voltar a reencontrar nas palavras dos textos da minha alma, em cada letra delineada a caneta de feltro com o cuidado de um juiz que não tem mata borrão. tu olhas e vês-me. já há muito tempo que alguém não me via. tu consegues, mesmo que de vez em quando a imagem te pareça turva...sabes o que me faz falta, dás-me força, para me rever em pessoas que são mais que conchas, que existem e que como tu me tentam ver. eu sei quem elas são mas tu também, e não me deixas...não me deixas afastá-las...tens tanto medo como eu, por mim, que me afaste, que me isole, que me perca. obrigada a todas as mãos que já me foram estendidas ao longo do percurso e obrigada por todas as que se estendem mesmo apesar do meu espírito revoltado e voltado para dentro, cego, surdo e mudo quando nada quer ver, ouvir e falar.
e é por isso e por todas as outras coisas que agradeço o que já vivi o que ainda tenho para viver.
Obrigada!

.gliter and sparkle.

comming up soon
tenho a cabeça a fervilhar em ideias e até ao final do ano há pelo menos dois que tenho de terminar e um que to ansiosa por iniciar :)

.porque és simplesmente tu,

há ligações que não se explicam. a que tenho contigo é transcendental à compreensão de um comum mortal. é preciso ser-se um anjo caído como tu para se aperceber. só preciso de te prevenir do meu desassossego. os meus medos perseguem-me não me permitem âncoras. sou navio fantasma de velas içadas a toda a hora. e com vento do norte a sussurar-me mudança ao ouvido há perigo de desassossego. mas também meu anjo quero que saibas que sou fiel ao meu coração e esteja eu onde estiver eu não me esqueço.parece. vai parecer muitas vezes, vou-te entristecer porque não telefono, vou-te entristecer porque não estou por perto,  mas lembra-te que nunca quis isso e levanta a cabeça porque eu posso não ligar e estar distante físicamente, mas no meu coração querida...no meu coração ninguém nem nada apaga o que é cravado a ferro e fogo. és uma das minhas estrelas polares. obrigada por existires.

.bons motivos de risada logo pela matina.

Conjuguem... duas pessoas estranhas, dentro de um carro, atrasados para o trabalho, numa manhã de aguaceiros com sol, parados numa fila de trânsito...o resultado poderia ter sido catastrófico, a má disposição poderia ter-se instalado, mas... enquanto ele resmungava com o carro amarelo que se meteu á frente com a maior prepotência possível, o meu olho captou algo estranho no mesmo...algo escrito...e começei a ler...Xabes XL...hummm...Paulo bem?!...não não..ahhhhhh... XABES XÔ PAULO BEM?! e pronto...instalou-se a ramboia...mas quem é que escreve algo do género no carro??? LOL e começaram as leituras mais serranas que possam imaginar...como se a frase por si só não fosse já serrana o suficiente! e as histórias...pah o gaijo devia-se chamar Paulo...e devia andar atrasado para todo o lado...sei lá! Pronto foram gargalhadas até ao trabalho...isto de ir á boleia tem o seu quê de fantástico não acham? :)


ainda tivemos a capacidade de acabar o dia com esta fantástica:
Aperta o cinto...
Senão caiem-te as calças!


WTF?! lol


.e porque não sonhar?.

e é mesmo com esta que volto para aquele estado de espírito que mais adoro, o sonhar acordada, deixar a win-laik-pya dançar por aí! tal como devo estar sempre - com a esperança que a vida brilha sempre mais do que aquilo que a nossa vista nos mostra, conseguir espreitar pela imagem rude que nos apresenta! Assim hoje, sempre que algo rude me olhava de frente, eu inclinava-me para o lado e espreitava...there is something behind...LUZ...e derepente um sorriso abria-se...bem rasgado :D hoje foi um daqueles dias que só apetecia andar por todo o lado a andar aos pulinhos e a cantar...eheheh - mais uma para a minha colecção milagreira do sorriso!



Enquanto tiver coração de criança, o mundo terá sempre Fireflies para o iluminar <3
não me tentem tirar o que de mais valioso tenho, não posso permitir, peço desculpa!


.e já é segunda.

Mas tive um domingo maravilhoso...vou dormir como um anjinho.
Um grande obrigada ao meu homem maravilhosooo e um bom descanso a quem me lê!

IPF

Há alguém interessado em oferecer-me o Curso Profissional de Fotografia de ano e meio no IPF a leves prestações de 250euros por mês? hein hein hein? Caía nas minhas boas graças para o resto da vida :)

.está na hora.

De rapar os tachos da massa de ovos e de chocolate do bolinho de mármore que já ganha forma no forno. nham nham

.espero ver-te nestes dias,

Andas desaparecida. Não respondes. Não atendes. Andas distante. Nunca me distancias-te tanto. Onde estás? Nunca me desloquei sem te ver. Entristece-me se esta for a primeira vez. Ao menos a ti, tu e ao menos a ti, espero ver-te nestes dias!
Tu conheces-me, sou mesmo assim. Distancio-me, abstraio-me, parece que me esqueço. Nunca pertendo magoar. Eu lembro-me e queria ser diferente. Mas não o sou e tu conheces-me. Não é com maldade. Não é propositado. Sou desprendida. Aprendi que ninguém precisa, apesar de precisar de todos. Ar. Foi o que ficou com a tua ausência. Não desapareças. Espero ver-te nestes dias. Adoro-te!


APARECE E VAMOS COMER UM DESTES ALGURES OVER THE RAINBOW!








.oh Mãe, estou grávida.



 Estava a ver que a viagem não terminava! Não consegui ler, não consegui desenhar, nem ouvir música - pelo que parece o meu mp4 decidiu pifar - R.I.P Janeiro - Abril 2010;
- consegui sim adormecer e acordar com uma miúda a olhar para mim e a perguntar á mãe: "achas que ela está mesmo a dormir?"; ouvir a música pimba do telemovel da "mãe" e a "miúda" a cantar ou a balbuciar sons parecidos  num volume pouco aconselhável aos meus sensíveis níveis de paciência; 
- ainda aprendi como colar-me ao vidro tipo pega monstros tudo para evitar tocar ou perturbar a "Rainha de Copas" que se sentou no trono mesmo ao meu lado - tive medo que gritasse CORTEM-LHE A CABEÇA;
- ainda fiquei a saber que a Mafaldinha da senhora do lugar de trás esteve 6 horas a chorar no quarto e bla bla bla, e que a viagem até Miame (Miami) era de 10 horas e depois ainda teria 4 horas até ao destino e que ele lhe fazia e acontecia e apesar de ela ter prometido segredo, ela tinha de contar, pelo menos a ela tinha de contar e mais a 40 pessoas que a acompanhavam no autocarro e ouviram toda a conversa telefónica; ah também fiquei a saber do paizinho e da Mavildinha e da irmãzinha que de hora a hora telefonavam para confirmar que a senhora chegava ás 18h ao seu destino;

Ufa...

Mas tudo valeu a pena assim que saí do bus vejo o meu irmão á minha espera e prontinho para me chamar maria-rapaz. E chego a casa e tenho a minha mãe e a riqueza da minha sobrinha na varanda a dizer OLÁ! com um sol lindissimo a raiar.

<3


Já ia no adiantar do dia quando me apercebi que a minha mãe estava mesmo ao meu lado e eu não tinha ainda pregado a típica 'pêta', já tão tradicional e de feição neste dia á minha querida mãe. O tocar á campainha e dizer-lhe que é para ela ir ao quintal receber uma senhora qualquer do imaginário não ia dar, então sem pensar saiu-me: " mãe - pausa suspeita - espero que fiques feliz e não triste - pausa ainda mais suspeita - estou grávida!" o misto de emoções na carinha dela fez-me perceber que se calhar estava a exagerar com a minha adicional cara séria, a modos que desatei ás gargalhadas... mesmo assim ela ficou confusa, não se lembrava sequer do dia em que estavamos. Quando lhe disse para olhar para o monitor do meu laptop e ver em que dia estavamos o alivio e a vontade de me bater foram as únicas emoções que lhe cruzaram o olhar. Este foi sem dúvida O primeiro de Abril mais à pressão até hoje.Claro que telefonei logo ao suposto pai a contar, ao que do outro lado só se ouvia tadinha da tua mãe, és tramada!

E inspirada pela riqueza de sobrinha mais linda da minha vida que me contemplou com a hora e meia mais bonita dos últimos tempos, com risos e vrumms com a boca cheia de papa!, É linda, é inteligente e acho que sempre que olha para mim ela pensa: ah já me lembro desta, é a titi maluca da família do pai!

<3

.bu bu.

<3


Fugir não funcionou,
Assustar não funcionou,
Juntos é que nós estamos bem,
e não há melhor que este bem!

<3





...my shine...
...my pulse...
...my breathe...
...my love...



.ninguém o poderia explicar melhor?.

"I confessed to Jack that the toughest thing for me was to decide to be with someone for good. The idea that this is it, this is the man I am going to spend the rest of my life with. To decide that I will make the effort to stay, and work things out and not run off the minute there is a problem is... very difficult for me. I told him I could not be for just one man for the rest of my life. It was a lie, but I said it anyway. He asked me if I thought I was a squirrel collecting men like nuts to put away for cold winters. I thought it was quite funny, so I laughed. Then he said something that hurt my feelings. The tone changed drasticly, then I misunderstood what he was saying, I thought he meant he didn't love me anymore and that he wanted to break up. It always fascinates me how people go from loving you madly to nothing at all. Nothing. It hurts so much. When I feel someone is going to leave me I have a tendency to break up first before I get to hear the whole thing. Here it is: one more, one less... another wasted love story... I really loved this one. When I think that it's over, that I'll never see him again like this - well, yes, I'll bump into him, we'll meet our new girlfriend and boyfriend, act as if we'd never been together... then we'll slowly think of eachother less and less, until we forget eachother completely... almost.
Always the same for me: break up, break down. Drink up, fool around. Meet one guy then another, fuck around to forget the one and only, then after a few months of total emptyness, start again to look for true love. Desperately look everywhere, and after two years of loneliness, meet a new love and swear it is the one, untill that one is gone as well.
There's a moment in life where you can't recover any more from another break-up. And even if this person bugs you sixty percent of the time, well you still can’t live without him. And even if he wakes you up every day by sneezing right in your face, well you love his sneezes more than anyone else's kisses."
o mais sincero pensamento da mente humana interpessoal 

2days in Paris
Julie Delpy

.é desta que me vou deitar na caminha e chorar.

Ainda não há espaço para sonhos.



.hoje é um bom dia.


...para um saboroso leite creme...
4 gemas de ovos
0,5 cl leite
3/4 colheres de sopa de farinha maizena
Açúcar q.b. para caramelizar

 ...e um pouco de Pride & Prejudice na AXN...


Misturar, aquecer e comer com vontade!

nham nham 
:p



vai ser tão bom quando tiver aqui os meus maravilhosos livros 
saudades!


.de estômago cheio com palavras doces.

E foi graças a esta fantástica mulher que descobri esta outra que só de ler me satisfez o estômago e deu largas à minha imaginação. Um lanche com os amigos, uma reunião com as amigas num dia de chuva de verão, o preparar com carinho e o saborear com Amor ...estes são os melhores odores e  paladares da vida! Muitos Mercis, queridas!

.diz que é receita.

Acho que é de facto um treino que toda a gente devia cozinhar - Happiness ao almoço, ao jantar, ao pequeno-almoço e ao lanche, e porque não à ceia? Let's go crazy!
Toda a gente tem a teoria, mas na prática o pessimismo é rei! Apreciar o melhor que a vida nos dá é um conceito que pouca gente consegue alcançar..Acho que na verdade ganhei uma certa apreensão de escrever sobre o que há de melhor na vida...anyway...Estou numa fase de aproveitar todo o glamour que a minha juventude tem para me oferecer e expandi-lo ao máximo na minha vida, e big bitchs poison não faz bem a minha Linda Pele e cansa-me a beleza! Oh well... give me my French Fancie Pin-Up to work, my Fashionable Casual for day and my Simple Sexy for night... and yes i am happy! De braço dado com ele  queriam o quê? ;)


Haverá mulher com mais senso do que está IN  do que esta?
ADORO




Será que podia ser mais feliz?...



I may not be an Elisabetta Canalis, but i garante i have my own Clooney...
Isn't that so, love ;)




...Podia mas nunca seria a mesma coisa...lol

.os porquês.

porque é que há pessoas que ficam juntas para sempre e outras que se separam num questão de meses?
porque é que há pessoas que ficam felizes juntas e outras juntas e infelizes?
existe alguma poção?Uns acertam e outros erram redondamente?

"Não amor, basta querermos. 
Enquanto quisermos com o coração vamos ficar sempre juntos"

a força do querer! eu não conseguiria dizer melhor!
para uma mente confusa uma resposta simples


Garanto-te que teremos os nossos momentos dificeis, 
garanto-te que teremos alturas em que um de nós ou ambos irá querer acabar,
mas também te garanto que se não te pedir que fiques a meu lado,
irei arrepender-me para o resto da vida,
porque no fundo do coração sei que és o amor da minha vida. 


para uma resposta simples um gesto singelo
e melhor não to conseguiria dizer!



FAZEMOS PANDAM SR ESTRANHO <3





.it could be a dream came true.

...but still...



http://web.me.com/luizcarvalho2/curso_de_fotografia/PRE%C3%87OS_E_CONDI%C3%87%C3%95ES.html


 180eur + IVA???? ouchhhh...


...sniff...



 

.be stupid.

smart may have the brains. but stupid has the balls.
smart had one idea and that idea was stupid
only the stupid can be trully brilliant

SMART PLANS
STUPID IMPROVISES

we're with stupid
stupid might fail.smart doesn't even try
smart says no. stupid says yes

SMART CRITIQUES
STUPID CREATES

smart listen to the head. stupid listen to the heart.
if we didnt have stupid thoughts, we'd have no interesting thoughts at all.
long live stupid

SMART MAY HAVE THE ANSWERS
BUT STUPID HAVE ALL THE INTERESTING QUESTIONS

stupid is trial and error, but mostly error!
smart may have the plans , but supid have stories.
smart may have the authority, but stupid has a hell of an hangover!

OUTSMART
STUPID.
THE STUPID ARE THE ONLY ONES BRAVE ENOUGH
TO DO WHAT NO ONE IN THEIR RIGHT MIND WOULD DO.
THE STUPID, YOU SEE, KNOW THERE ARE WORSE THINGS
THAN FAILURE — LIKE NOT EVEN TRYING.
BUT TRY THEY DO,TALLYING UP THE IMPOSSIBLE ODDS
AND GOING AHEAD AND DOING IT ANYWAY.




ADORO E QUERO!
e tenho dito...






.há dias assim.


.e ontem foi dia.
:D

Há poesia nestas flores 
Numa pétala o amor
No pólen a liberdade
No verde a alegria

Não fossem estas as minhas flores preferidas do campo!



HÁ DIAS ASSIM.... E PESSOAS TAMBÉM!




.há quem não goste de gente demasiado simpática.




.eu detesto cabras wannabes.



"This is a Quite beach..you can not run on this beach!"
BITCH




Como é possível haver pessoas tão pouco inaptas para terem uma família?

Se não querem ter pessoas agregadas a si com todas as responsabilidades e afins que acarreta porque é que constituem família? E depois...temos famílias disfuncionais e com problemas sociais, crianças problemáticas e doenças psicológicas, pessoas que tiram a sua própria vida e pessoas que tiram a vida a outras. E normalmente quem fica a perder nunca é o "vaso ruim"... é o mel no meio da merda toda que azeda e desaparece.



 PONHAM-SE A JEITO TENHO AQUI UMA "VERDINHA" MESMO A JEITO PARA VOCÊS!






O dinheiro não traz felicidade...

Talvez...não devia mas acho que depende das pessoas - do carácter ou da falta dele!
Há pessoas que são tão mesquinhas que podem ganhar rios e rios de dinheiro, mas passam a vida a queixar-se que não o têm para poderem fugir das suas responsabilidades e tentar sacá-lo de todas as maneiras aos que apesar de terem pouco...até têm algum...
Como se isso não bastasse não descansam enquanto não sugam e não deixam as pessoas à nora sem nada.

Poderia parecer ficção...sabia muito melhor se fosse somente ficção ou banda desenhada, pior é conviver porta a porta com o que poderia bem ser ficção.


PLEASE DO WIPE YOUR ASS TO IT!



.e tal como tudo começou.

.terminou.

.grandes filmes.

The Piano

Le Fabuleux Destin d'Amélie Poulain

 

 

<3

.o melhor de Paris.


.é ter 24 anos e entrar em tudo de graça ou com descontos.
.sabe tão bem voltar a ter 12 anos.
lol

.tava difícil, mas começo a entender.

...porque toda a gente se apaixona por Paris...

fotografias por Ana Morais











ainda assim...há qualquer coisa que falta...há um vazio por preencher...






.be yourself.

...'cause life is to short to be anybody else!

.soldissime.

É a loucura de Paris com lojas cheias ás 8 da manhã?!


.barulho das luzes.

Isto de viver na 'cidade grande' deu-me a volta ás "entranhas cerebrais" - 'pensam as más línguas' aqueles que coitadinhos não fazem a mínima ideia do que é viver em Berlim ou em Paris...ou melhor...que não fazem a mínima ideia do que é viver fora das saias da mamã! Don't criticise...Get a life!!AH. AH. AH. tipo "oh oh oh merry christmas!" mas mais sarcástico lol Mas anyway, se acham que já fritei a pipoca acho que daqui um mês o nível será muito mais acima isto vai piorar ai vai vai! lol
Depois de uma época frenética de Natal e Passagem de Ano dramaticamente cansativas, em que redescubro o porque de não adorar o Natal e o espírito contorcido com que algumas pessoas ficam... mando-me para Paris! Ou melhor...mandaram-me ! LOL So stay tuned for the nouvelle!!! :P There will be a plus of them!

.não a podia ter passado melhor.




Que posso eu dizer desta passagem de ano?! Eh pah...nada e tudo! lol
 Vamos por partes:

Destino: Vila Nova de Mil Fontes
Como: de carro com o meu <3 depois de uma manhã de trabalho e um almoçinho no sushi :D
Quando: 31 de Dezembro a 3 de Janeiro
Onde: Duna Parque - Apartamentos turísticos (explorem o site porque é um sítio que vale muito a pena!)
Quem: 3 grupos de pessoal boa onda!



Para Recordar:

O caminho pelas praias até à Vila
Espuma da água do mar a voar para a estrada
O moshe na Praia
Os beijos na Praia
A patuscada no jardim
A piscina de àgua quente
O trampolin
Os pequenos-almoços
O passeio pela vila
A invasão do Kanguru por 20 gandins! lol
O croissant Mabi
Todos os momentos Paparazzi


 Eh pah não me querem dar uma ajudinha
a lembrar do resto?! LOL



.alfacinha est a Paris.

E depois de acordar ás 4 e meia da manhã para fazer o check-in mais rápido de todas as viagens que já fiz, de duas horas e meia de viagem sem lugar  à janela, de o avião andar 30 minutos pelo aeroporto Charles de Gaulle só para estacionar, de passar uma hora a olhar para uma passadeira sem bagagens para finalmente aparecer a única bagagem de porão que eu tinha, de andar aos pontapés à língua francesa que até é pecado, de passar 45 minutos num táxi só para dar com Ivry Sur Seine e mais 30 para dar com a Rue de la Victoire à Paris!, de ter ido directa trabalhar sem sequer almoçar, de levar com uma mulher da recepção que assim que ouviu inglês disse mal da vida dela e do mundo aos pulos na cadeira, de voltar ao apart-hotel e ter comigo um GPS mais avariado que nos fez perder uns bons 30m de sacos das compras nas mãos...depois disto tudo...sim amigos a alfacinha está em PARIS!! No meio disto tudo tive o meu mais que tudo a levar-me ao aeroporto com o coraçãozinho nas mãos de preocupação, a senhora da TAP perdoou-me quase +3kg de bagagem, adormeci na viagem e quando acordava tinha um casal ao meu lado do mais querido que existe, enquanto esperava pelas bagagens ouvi onde era a praça de táxis, calhou-me um taxista novo que falava mais ou menos inglês e que me levou pelo lugar mais rápido e mais baratinho, consegui mudar de quarto para o mesmo piso do meu colega, o próximo táxi apareceu num instante e calhou-me um senhor tão querido que há medida que entravamos pelo centro de Paris foi-me explicando o que era o quê, como se fosse uma visita guiada ;) e com um sol maravilhoso a brilhar (apesar dos 7 graus negativos), tive uma cara amiga para me dar as boas vindas, começei a trabalhar em algo novo e num computador para mim o que é de facto muito bom! e ao fim do dia para além de me aperceber que o meu Francês não é assim tão nulo! lol...Consegui falar a divertir-me com pessoas que estão tão longe de mim, mas esteja eu onde estiver me fazem sentir em casa em mim mesma :D Sou mesmo uma sortuda...ou não depende sempre da perspectiva, porque a moeda tem sempre duas faces...


A cidade dos amores...onde quero/gostava de encontrar os meus...


.alfacinha attend toi à Paris. 




Arquivo