HOME                    À CONVERSA COM                  O LIVRO                  AO QUILÓMETRO TAL                 ARQUIVO                 

O Bolinhas Rula!

Este é uma cópia do Bolinhas...mas em Preto gente...em Pretinho...

Bem...este fim-de-semana foi literalmente quatro rodas.
Sexta-feira - parece que se começa a estabelecer o ritual do SAMURAI...repetimos a dose, mas desta vez um pouco mais mal servida LOL E depois pronto..olha...fiquei descompensada...Vocês queixam-se, mas é assim que vocês gostam de mim LOL Queria mais rolinhos Grand California (é assim que se chamam não é Bentes? - para quem não sabe o Bentes é o entendido de comida Japonesa lá do serviço, ah pois... agora sempre que pensarem ir a um japonês vão pensar: Quem me dera ter um Bentezinho à mão de semear agora ahahahahahah Dá sempre jeito!) mas deixaram-me a definhar por eles...lol...
No fim do dia de trabalho foi atestar o depósito do Bolinhas e seguir caminho rumo ao Pôr-do-Sol...Sinceramente fui a medo dizem que o sol queima a um milhão de graus...talvez já pressentindo um pouco do que me esperava...apesar de tentar afastar esse sentimento o tempo todo. Foi uma viagem longa, que me fez pensar em muita coisa...secalhar demasiado - mania a minha de racionalizar tudo! Mas uma pessoa passa por tanta coisa em tão pouco tempo, que a única hipótese é mesmo aprender ao mesmo ritmo e se é depressa demais então: OH VIDA ABRANDA LÁ ISSO FAZ FABORI!!! Infelizmente não funciona. Nunca mais me consegui esquecer de uma opinião que deram sobre mim uma certa altura, porque me surpreendeu de muitas maneiras - vindo de quem veio, no momento em que foi e porque o disse - "Tu assustas-me... as coisas à tua volta acontecem demasiado depressa..." Entristeceu-me ter de concordar, mas eu também nunca pedi isto para mim...não tenho culpa, só tenho de aceitar e quem quer fazer parte da minha vida...ou me dá a mão e acompanha-me ou acena-me Goodbye à medida que me vê fugir - eu sou assim...uma fujona lololol
Fui visitar a terrinha e os meus mais bem amados...Foi um fim-de-semana com direito a tudo...Abraços de saudade, atrofios de me embasbacar, criançices de pais, amor incondicional de mãe, festa da cidade, velhos amigos, pessoas que já não sabem se me conhecem ou não, conversas estranhas, cavar quintal e estourar com o corpinho, cuidar do meu cãozinho mai lindooo, limpar casa, compras, dormir como se não houvesse amanhã, dentista e assistente descompensados lol , esgotamento de paciencia e Dafalgan para a viagem de retorno... e de carro tão cheio como o meu saco fiz-me a caminho de Lisboa mais uma vez: deixo para trás a pessoa mais importante da minha vida - a minha mãe - porque é uma heroína, batalhadora, corajosa e cansada...ninguém merece! Se pudesse punha-te eu dentro da minha barriga - chegou a minha vez de te proteger e não consigo fazer mais do que faço. Perdoa-me.
Lá cheguei a Lisboa...já com o saco mais cheio que o carro, foi arrumar a tralha e deitar pois daí a umas horas abria mais uma semana de trabalho...é assim a bidinha...cada um faz o melhor que pode com a sua!

Bem sei que a conclusão do fim-de-semana não é a mais feliz, mas é assim que a coisa funciona...tudo faz parte não é? Apesar de tudo ainda trouxe uma alheirinha embaladinha para cada um dos meus coleguinhas da escola ;) Segunda foi só destribuir alheiras pelas marmitas....AHAHAHAH esta frase é tão linda!!!


Estou apaixonada sim sinhor...e é possível não estar?! Nunca mais largou o primeiro brinquedo que lhe dei -um ursinho pukanino que ele arrasta para todo o lado lol - e agora afeiçoou-se a uma fralda de pano que lhe ofereci este fim-de-semana, mas não sei se esta dura tanto tempo LOL

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo