HOME                    À CONVERSA COM                  O LIVRO                  AO QUILÓMETRO TAL                 ARQUIVO                 

O Ladrão de Livros!


Gostava muito de vos falar de um livro que me marcou nos últimos tempos...que devorei e reli logo de seguida, que apontei e registei cada passo na minha memória...


"O Ladrão de Livros"


Houve quem me dissesse que pela capa não parecia grande coisa e tal como lhe disse volto a repetir...Não julguem um livro pela capa, NUNCA! Peguei nele já com uma curiosidade terrível, por algumas vezes que já me tinha cruzado com aquele título e naquele dia, perante o mesmo, não resisti - tinha de o ler. Eu não previa semelhante embate...foi doloroso e terrívelmente delicioso, é indiscritivel...

Uma das coisas que me chamou a atenção foi o facto de ser um livro com banda sonora...sim..isso mesmo. Tive o cuidado de apontar cada música referida no livro e ir conhecer o que ainda não tinha tido o prazer de conhecer. Algumas gostei mais do que outras, mas depois ouvi à medida que ia relendo o livro e fazem todo o sentido...passei a gostar de todas!!

Se tiverem a opurtonidade e o prazer de ler este livro, aqui vos deixo a lista para irem saboreando à medida que lhe forem descobrindo "os cantos":

Morcheeba "Wo can you trust?"
Bonobo "Ketto"
Fisher Z "Bataillions of Strangers"
Josh Lu Hoker "Annie Mae"
Ennio Morricane "Gabriels Oboe"
The Smiths "Girlfriend in a Coma"
Rádio Macau "O Elevador da Glória"
The Mission "Forever More"
Massive Attack "Inertia Creeps"
Richard Wagner "A Cavalgada das Valquírias"
Ravel "Bolero"
Edith Piaf "La Vie en Rose"
Ella Fitzgerald+Louie Armstrong "Cheek to Cheek"
Puccini "Tosca"
Verdi "Macbeth"
The Mission "Tower of Strength"
Neil Diamond "Lonely Looking Sky"
Eric Bogle "The Band Played Waltzing Matilda"
Astor Piazzola "Mi Buenos Aires Querido"
Caetano Veloso "Sozinha"
Red Hot Chili Peppers "Give it Away"


Um dia apareço-te por perto. Sem saber quem tu és, sem saberes quem eu sou. E tudo fará sentido. Deixarei de ler só para mim, de escrever só para mim, as minhas palavras ganharão mais sentido se não proferidas. Tu entenderás os silêncios, os suspiros, as meias palavras. Os porquês e os "então". Tenho saudades que alguém exista de facto, á minha volta. Almas Vazias. Ana Morais
Aconselho a toda a gente com o mínimo de sensibilidade.

3 comentários:

  1. Provavelmente não me vais levar a sério, mas... Tu darias uma excelente escritora. Adoro a forma como escreves, o que consegues transmitir com as simples peripécias da tua vida.
    Leva-me a sério quando o digo... seria/serei a primeira a comprá-lo!
    Bjo grande!

    ResponderEliminar
  2. OHHH :blushes: não digas isso...fico sem saber o que dizer...a não ser que te adoro mto muida! Obrigada pelo incentivo...quando era adolescente pensei nisso várias vezes...mas acho que não era capaz de escrever qualquer coisa de interessante. Não há tema LOL
    Obrigada princesa :D

    ResponderEliminar
  3. Se me lembrar de algum tema interessante eu digo-te logo ;), apesar de eu ser suspeita porque adoro literatura de fantasia.

    ResponderEliminar

Arquivo